Pode Entrar a Casa é Nossa - Documentário

Vencedor do edital LumLab – TV Cultura, em 2013, Pode Entrar, a Casa é Nossa é um documentário que explora o conceito das Moradias Assistidas e as políticas de inclusão das pessoas com deficiência dentro da sociedade.

O edital foi uma iniciativa da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SEDPcD) e da Fundação Padre Anchieta (FPA).

SDPD.jpg

O filme faz um paralelo entre o cenário das Moradias Assistidas em Portugal com contexto atual do Brasil, mostrando o dia-a-dia de jovens portugueses e como ele se estrutura a partir das políticas implementadas no país.

Gravados em Portugal e Brasil este projeto é a primeira produção internacional da Conteúdos Diversos / Cinema Animadores e contou com apoio da Connect Comunicação de Lisboa.

A palavra dos especialistas.

No documentário, alguns especialistas brasileiros analisam a questão das Moradias Assistidas a partir de uma abordagem social e do exemplo de Portugal para que se entenda melhor as necessidades das pessoas com deficiência e os próximos passos a serem tomados no Brasil.

Piloto.

Aqui você assiste ao "promo" com a proposta

que nos classificou no

edital Lum Lab - TV Cultura.

Gravamos este piloto em Portugal com apoio da Connect Comunicação.

Legenda das fotos / Gravação Brasil:

1) Silvia Prado (Prod. Exec.), Paula Galacini (Dir. Cena), Carlos Pacheco (Dir. Fotografia), Juliana Dantas (Jornalista), Gleuda Apolinário (Assessora Técnica da Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo), Lu Sales.
2) Julio Botelho (Promotor de Justiça dos Direitos Humanos), Paula Galacini. 
3) Paula Galacini, Ana Rita de Paula (Consultora de Políticas Públicas). 
4) Paula Galacini, Dra. Laura Guilhoto (Coordenadora de Pesquisa do Instituto Apae de São Paulo) e Sérgio Lopes (Prod. Exec.)

ABAIXO: Foto 1 - A Diretora de Cena Paula Galaccini. a Secretária de Estado Dra. Linamara Rizzo e o Produtor Sérgio Lopes

Foto 2 - Os Produtores Sérgio Lopes e Sílvia Prado.

Foto 3 - Debate com Paula, Sérgio e Luiz Carlos Lopes da SDPcD.

A Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência promoveu no Centro Cultural Banco do Brasil, debate com os diretores dos filmes e com especialistas na temática da moradia para pessoas com deficiência.